10/01/2015

Viciei em Bukowski

Se alguém me perguntasse por que demorei 26 anos da minha vida pra finalmente ler Bukowski a única resposta que consigo pensar é: "porque sou uma idiota!" Mesmo com tanta gente perto de mim indicando, acho que sempre pensava não ser o momento apropriado {sou dessas}. Então, quando uma querida amiga que também é bookworm começou a ler eu pensei que se lesse também, poderíamos conversar bastante a respeito. E BUM! 6 livros lidos em 3 meses e um em andamento e duas criaturas viciadas no homem.


Os livros lidos foram: Cartas na Rua, Misto Quente, Numa Fria, Ao Sul de Lugar Nenhum, A Mulher Mais Linda da Cidade e Hollywood. Estou lendo no momento o Notas de um Velho Safado e peguei emprestado O Amor é um Cão dos Diabos.


E por que é bom? Porque é cru, direto, sem amarras, irônico, cáustico e me faz sentir tristeza e alegria ao mesmo tempo. Ele fala sobre uma vida marginal regada a bebidas, sexo e falta de grana, conta aventuras surreais - muitas delas vividas por ele mesmo ou ser alter-ego, Henry Chinaski. Não tenho como evitar a identificação com sua vontade de se afastar do mundo e das pessoas e apenas existir, quietinho.

Por enquanto estou mergulhada na prosa, mas assim que terminar o Notas vou passar pra poesia, que já sei que é dilacerante. Estou lendo como uma louca, como uma viciada. Mas não tô nem aí.

E você? Gosta, desgosta? Conta pra mim! :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...